Onde correr na Zona Norte do Rio de Janeiro: Parque Madureira
30/10/2020
Onde correr na Zona Sul do Rio de Janeiro: Vista Chinesa
04/12/2020
Exibir tudo

Onde correr no Centro do Rio de Janeiro: Boulevard Olímpico

Olááá, tudo bem? Continuando na nossa série sobre lugares para correr na cidade do Rio de Janeiro, hoje vamos explorar onde correr no Centro. O nosso local é o Boulevard Olímpico! Vamos lá?

A gente começa o post com uma curiosidade… Boulevard Olímpico era apenas o apelido da região que recebeu diversos eventos durante as Olimpíadas.

Os nomes oficiais para o local são Porto Maravilha (dos armazéns do porto à Praça Mauá) e Orla Prefeito Luiz Paulo Conde (da Praça Mauá até o entorno da Praça XV).

Dadas as explicações, vamos continuar chamando a região que começa no Largo da Misericórdia, no Centro, e vai até o Armazém 8, na Gamboa, de Boulevard Olímpico, ok?

ladeira

 

Esse caminho foi possível porque houve a abertura de um trecho da orla que era fechado e restrito para militares do 1º Distrito Naval, entre a Praça Mauá e a Praça Barão de Ladário.

Correndo no Boulevard Olímpico

Essa área tem aproximadamente 3,5 km e é super plana. Ideal para um treino de velocidade.

Correr por essa localidade é interessante porque você pode ver o passado, o presente e o futuro reunidos em um só lugar.

museu do amanhã

 

Começando no Largo da Misericórdia e indo em direção ao Armazém 8, você pode passar e ver:

  • Ladeira da Misericórdia;
  • Museu Histórico Nacional;
  • Museu da Imagem e do Som;
  • Museu Naval;
  • Paço Imperial;

Paço Imperial

  • Espaço Cultural da Marinha;
  • Casa França-Brasil;

  • Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB);
  • Centro Cultural dos Correios;
  • Igreja da Candelária;
  • Pira do Povo;
  • Mosteiro de São Bento;
  • Museu do Amanhã;
  • Museu de Arte do Rio (MAR);
  • YouTube Space Rio;
  • Museu de Arte Urbana do Porto (e seus grafites);

  • Fábrica de Espetáculos do Theatro Municipal;
  • Armazém da Utopia;
  • AquaRio;
  • Roda Gigante Rio Star.

 

E de lá ainda dá para visitar outros pontos de interesse da cidade, como:

  • Fortaleza da Conceição;
  • Pedra do Sal;

foto-8

  • Observatório do Valongo;
  • Jardim Suspenso do Valongo;
  • Cais do Valongo;

 

  • Biblioteca Nacional;
  • Instituto de Pesquisa e Memória Pretos Novos (IPN);
  • Centro Cultural José Bonifácio;
  • Cemitério dos Ingleses.

O local é aberto e não há muitos pontos de sombra. Logo, em dias de Sol, isso pode ser um empecilho ou uma dificuldade para o treino.

Também é importante ressaltar que não há estruturas como banheiros públicos ou bebedouros ao longo do caminho.

A dica que eu dou, caso você precise ir ao banheiro ou repor a água (sem ter que pagar), é entrar no MAR.

Não, não tem nada a ver com a Baía de Guanabara. É o Museu de Arte do Rio.

Bem ao lado da bilheteria do MAR, há banheiros e bebedouros gratuitos. Então, você pode fazer uma parada ali, se houver necessidade.

Além disso, aproveite as várias paisagens instagramáveis, principalmente, no Museu de Arte Urbana do Porto (MAUP).

Não reconhece o local? O MAUP é aquela parte do Boulevard Olímpico que possui os painéis grafitados, sendo que o mais famoso deles é o Mural Etnias do Kobra.

 

Esse grafiti é considerado o maior grafiti do mundo e, inclusive, está no Guiness Book.

 

Você já correu no Boulevard Olímpico? Conte aqui nos comentários como foi sua experiência e vamos continuar a nossa conversa!!!

Até a próxima!

Um super beijo,

Carolina

Blog: https://www.viajarcorrendo.com.br

Instagram ícone Facebook ícone YouTube ícone Twitter ícone Pinterest ícone

 

 

Viajar Correndo

 

Últimas matérias do Viajar Correndo:

Onde correr na Zona Norte do Rio de Janeiro: Parque Madureira

Onde correr na Zona Oeste do Rio de Janeiro: Parque Radical de Deodoro

Já é hora de planejar viagem? Afinal, quando será seguro para viajar?

Como organizar compromissos e tarefas no dia a dia

Carolina Belo
Carolina Belo
Olááá! Eu sou Carolina Belo, um ser “múltiplo”. Isso porque sou Bióloga, Turismóloga e Guia de Turismo. E nessa mistura toda ainda sou viajante e corredora. Gosto muito de escrever, principalmente quando o tema envolve minhas paixões: viagem, corrida e fotografia. Sou uma pessoa feliz...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *