queima de gordura
Ativadores de queima de gordura
21/03/2019
Meia Maratona de Pomerode
Nos caminhos dos imigrantes alemães… Vamos conhecer a Meia Maratona de Pomerode
26/03/2019
Exibir tudo

O poder da dobradinha Pilates e corrida

Pilates e corrida

Pilates e corrida é uma combinação muito eficiente para atletas que desejam melhorar seus rendimentos, prevenir lesões ou se reabilitar.

O método Pilates oferece diversos benefícios aos seus praticantes pois além do gesto motor propriamente dito, todos os exercícios são realizados com técnica de respiração e muita concentração. Dessa forma, muitos professores/instrutores defendem o título de que ʺo Pilates é para todosʺ, pois pode ser praticado por homens e mulheres de qualquer idade, atletas ou pessoas sedentárias, grupos especiais, gestantes e idosos, sempre respeitando as limitações físicas e biológicas do aluno. O método Pilates também é utilizado por muitos pacientes em fase de reabilitação e desordens posturais. É ainda recomendado como condicionamento físico e prevenção de lesões para todos os indivíduos.

A prática do Pilates pode melhorar o desempenho de atletas das mais diversas modalidades esportivas através de movimentos eficientes e conscientes, proporcionando um desgaste muscular menor no gesto motor específico do atleta. Dessa forma podemos aumentar sua performance e diminuir as chances de lesões.

No que diz respeito às corridas, a dobradinha Pilates e Corrida melhora a performance, a técnica de corrida, potência, resistência muscular, coordenação intra e intermuscular, flexibilidade e estabilidade de membros inferiores. Os praticantes de Pilates ainda adquirem maior consciência corporal, revertendo seus limites e entendendo quando podem ultrapassa-los.

 

Pilates e corrida

Foto: arquivo do Studio

 

As orientações do instrutor de Pilates são essenciais para o bem estar do atleta e o sucesso nas corridas. Os praticantes de corrida precisam e devem complementar seu treinamento com outras modalidades, tais como o Pilates, pois os movimentos constantes e repetitivos da corrida sobrecarregam muito intensamente a musculatura e todas as articulações dos membros inferiores e assoalho pélvico. Uma mecânica incorreta realizada centenas de vezes durantes as fases da corrida podem causar inúmeras lesões.

 

Alguns benefícios do Pilates para corredores:

  • Fortalece músculos e estabiliza articulações – a musculatura do corredor fica mais forte e resistente para suportar os estímulos aumentando a tolerância à fadiga;
  • Trabalha a região do Core, auxiliando na estabilidade do tronco, fortalecimento do assoalho pélvico e melhoria na postura ao correr;
  • Melhora da flexibilidade e mobilidade articular, principalmente de tornozelo e quadril;
  • Alivia e ajuda a combater algias e lesões;
  • Proporciona uma corrida mais econômica pois os movimentos passam a ser executados com menor esforço;
  • Aumenta a capacidade pulmonar através de técnicas de respiração;
  • Melhora o controle motor, a consciência corporal e a coordenação motora;
  • Auxilia no controle mental e concentração;
  • Alivia dores e fadiga muscular no pós-treino.

Praticar Pilates não é tão simples quanto parece. Ainda hoje muitas pessoas  associam o método à uma pratica voltada para reabilitação e ao público de terceira idade, porém não é bem assim. O criador do método, Joseph Pilates, quando criança, era doente e sofria de raquitismo, asma e febre reumática. E na adolescência prevendo seu futuro numa cadeira de rodas começou a estudar, como autodidata, anatomia e fisiologia humana e fundamentos de medicina oriental. Com isso desenvolveu exercícios em aparelhos rústicos inventados por ele. Praticando esses exercícios em aparelhos criou seu próprio método e tornou-se obcecado em superar suas limitações físicas. Com essa prática, ainda jovem tornou-se ginasta e mergulhador. Finalmente desenvolveu cerca de quinhentos exercícios que o ajudaram, bem como seus seguidores, a levar uma vida longa e saudável. Quem já fez uma aula sabe que precisa fazer força, respirar corretamente, ter muita disciplina e atenção aos movimentos.

 

Como escolher onde e com quem praticar o Pilates?

Segundo a legislação, do Coffito (Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional) e Confef (Conselho Federal de Educação Física) apenas educadores físicos, fisioterapeutas e pessoas formadas em terapia ocupacional podem dar aulas de Pilates.
Visite o studio/sala, verifique se o espaço é amplo o suficiente para a execução dos exercícios confortavelmente. Veja se os equipamentos são modernos e estão em bom estado, faça uma aula experimental e certifique-se de quantos alunos são permitidos por aula. O mais recomendado é que tenha, no máximo, quatro ou cinco alunos por instrutor para que haja maior atenção.

 

Pilates e Corrida

Espaço Funcional Bastos Pilates

Conheça o Espaço Funcional Bastos Pilates.
Agende agora mesmo sua aula experimental!
Telefone / Whatsapp: (21) 98210-2832

 

Fernanda Bastos
Fernanda Bastos
Professora com licenciatura plena em educação física, bacharel em esportes, especializada em treinamento de força, jiu-jitsu, pilates e preparação física, responsável pelo Espaço Funcional Bastos Studio

2 Comments

  1. Avatar Maria da Conceição Machado Bastos disse:

    Parabéns filha pela excelência em seu trabalho!

  2. Avatar Janaina Menezes disse:

    Sou corredora, não me preocupava com o fortalecimento. Por conta da rotina do trabalho, não estava conseguindo treinar o suficiente e consequentemente o meu rendimento caiu muito. Comecei a praticar pilates com a professora Fernanda Bastos desde agosto de 2018, estou super feliz com o resultado. Sem contar com a melhora nas corridas. Parabéns pelo excelente trabalho!!! ????????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *