Ansiedade
Ansiedade e Alimentação
05/05/2020
Corrida dentro de casa
07/05/2020
Exibir tudo

Histórias da Maratona Olímpica

Histórias da Maratona Olímpica

História da Maratona – Masculina

A primeira maratona da história foi realizada na Grécia em 1896, como qualificatória para a maratona Olímpica numa distância de aproximadamente 40km, a vitória do atleta Spiridon Louis que concluiu o percurso em pouco menos de 3 horas: 2h58min50seg.

Teve Como objetivo homenagear o soldado-mensageiro grego Fidípides que percorreu a distância para dar a notícia da vitória ateniense da Batalha de Maratona, entre os Gregos e os Persas, em 490 a.c. Ele foi correndo o mais rápido possível esta distância entre as cidades de Maratona até Atenas, ao chegar, ele conseguiu dizer apenas “vencemos”, e caiu morto pelo esforço.

No calendário dos Jogos Olímpicos a prova da maratona, tradicionalmente, acontece no último dia de competição, é considerada uma das mais longas, desgastantes e difíceis provas do atletismo, oficializada como prova Olímpica desde a primeira edição em Atenas 1896. Porém, a distância de 42.195m se tornou oficial somente em 1921, e foi disputada pela primeira vez nos Jogos Olímpicos 1908, em Londres.

O Barão Pierre de Coubertin, pedagogo e historiador francês, ficou para a história ao conceber um plano para fazer reviver os Jogos Olímpicos que teriam lugar em Atenas, na Grécia e que passaram a serem realizados a cada quatro anos: Olimpíada.

Nesses 120 anos que separam os Jogos Olímpicos de Atenas 1896 até a última edição em 2016 no Rio de Janeiro, foram realizadas vinte e oito edições dos Jogos, com a disputa de vinte e oito maratonas olímpicas masculinas.

Sendo assim, do atleta grego Spiridon Louis com o tempo 2h58min50seg ao atleta queniano Eliud Kipchoge, que é o atual recordista mundial da distância com 2h01min39, podemos observar na lista abaixo que tivemos 26 atletas de 15 países que subiram ao pódio e foram premiados com a medalha de ouro da maratona olímpica.

ATLETAS MASCULINO

Maratona - Tempos Masculinos

  • Tempo em azul– recorde olímpico (Fonte: olympic.org)
  • Sohn Kee-chung – era Coreano e foi campeão olímpico representando o Japão com o nome Kitei Son.  Somente setenta e cinco anos após sua vitória e nove anos após sua morte, o COI concordou em realizar a mudança oficial do seu nome, o qual passou a fazer parte dos documentos históricos da entidade.

História da Maratona – Feminina

Com oitenta e oito anos após a disputa da primeira maratona Olímpica em Atenas 1896, entre todos os concorrentes, não há registro oficial de nenhuma mulher, pois naquela época não se imaginava que as mulheres fossem capazes de percorrer distâncias tão longas! Contudo, é conhecida a saga da grega Stamatis Rovithi, que decidiu encarar ela própria o percurso da maratona, com ou sem o aceite dos organizadores da primeira maratona em Atenas 1896.

Ela conseguiu assinaturas de muitas pessoas para comprovar sua largada às 8h30 da manhã daquele dia. Às 11h30, ela chegou ao estádio Panathinaiko, e foi impedida de entrar e completar os últimos metros da prova na pista Olímpica, não se contentou e realizou a sua última volta no entorno do Estádio.

No dia 5 de agosto de 1984 a primeira prova da maratona Olímpica feminina da história foi realizada nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, com a participação de 50 atletas de 28 países.

A vitória ficou com a norte americana Joana Benoit Samuelson com a marca de 2h24min52seg.

O Brasil foi representado pela atleta Eleonora Mendonça, considerada a mulher que revolucionou a corrida no Brasil e detentora do recorde brasileiro na maratona por oito anos, recorde que ela mesma bateu por quatro vezes, entrou também para a história ao concluir a maratona Olímpica com o tempo de 2h52min19seg e finalizando na 44ª colocação.

Eleonora Mendonça

Eleonora Mendonça. A primeira atleta do Brasil na Maratona Olímpica de 1984.

ATLETAS FEMININO

Maratona - Tempos Femininos

 

 

Método 5Cs

Conheça o Método 5Cs, desenvolvido pelo professor Edgar Oliveira, utilizado por centenas de corredores. Impactando tanto na performance nas corrida quanto na vida de atletas de todo país.
5Cs – Conhecimento, Consistência, Cronograma, Coragem e Comprometimento.

www.metodo5cs.com.br

 

Instagram

WhatsApp

 

 

Outras matérias do Edgar Oliveira:

Princípios para retomar os treinamentos de corrida, assim que possível

Treinando em casa: manter a resistência aeróbia 2

Treinando em casa: manter a sua resistência aeróbia 1

Edgar Oliveira
Edgar Oliveira
Criador do Método 5 Cs. Especialista em periodização do treinamento para atletas corredores de pista e rua em todas as faixas de idades. Atleta Olímpico em Barcelona 1992 e Atlanta 1996. Graduado em Educação Física, pós graduado em Administração e Marketing Esportivo. Coordenador Técnico no Instituto Internacional Correr Bem. CREF é 32260 G/RJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *