Leis sistêmicas
Leis sistêmicas
19/08/2020
O quarteto fantástico
O quarteto fantástico
25/08/2020
Exibir tudo

Como ler corretamente os rótulos

rótulo

Bateu a fome e você está sem tempo ou com preguiça de preparar algo.

 

Qual seria a opção de alimentos pronto e práticos? A lasanha pronta e congelada? O salgadinho de pacote? Ou a bolacha recheada?

Para aqueles que preferem uma alimentação saudável, uma refeição light congelada ou uma barrinha de cereais com iogurte não é uma boa opção.

Não é novidade que esse tipo de cardápio não é o ideal, pois além de ser menos saboroso, tem teor nutritivo baixo. Por outro lado, não há como fechar os olhos para a realidade: os alimentos industrializados estão por aí e vão ser consumidos por muitos, seja por falta de tempo ou por agradarem o paladar. O que fazer, então?

O primeiro passo é não se desesperar. O importante é ter informação sobre a porção ideal a ser consumida, saber identificar o que está comendo, quais são os problemas que o consumo exagerado pode acarretar e, com isso, escolher a melhor opção.

Com alguns cuidados, é possível ter uma alimentação mais saudável.

Ler o rótulo dos produtos e optar por aqueles que têm ingredientes que trazem mais benefícios para o organismo é o primeiro passo.

Desde 2001, o rótulo com informações nutricionais é obrigatório em qualquer produto regulado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), órgão responsável pelas normas de Rotulagem de Alimentos Industrializados. Mas nem sempre recebe a atenção merecida do consumidor.

Em geral, os rótulos trazem dados baseados na quantidade saudável que podemos consumir, quanto a porção daquele alimento contribui para o total de nutrientes diários, calorias, a quantidade de vitaminas, proteínas, carboidratos, gorduras, fibras e sódio.

 

rótulo

 

O que deve ser avaliado na hora de ler o rótulo?

 

Número de ingredientes

Quanto menos ingredientes, menos processado é esse alimento.

Produtos com grande número de ingredientes devem ser evitados, já que, geralmente, a lista de itens traz muitos aditivos químicos, como conservantes e corantes.

Quantidade de cada ingrediente

O primeiro item da lista de ingredientes é sempre o que está em maior quantidade no produto e assim sucessivamente.

Tabela nutricional

A primeira informação a ser observada é a porção considerada na tabela nutricional. Na maioria das vezes, ela considera porções do alimento e não a embalagem inteira.

Por isso, geralmente, é preciso fazer um cálculo para saber a quantidade que realmente está sendo consumida.

Às vezes está escrito um grama (de algum nutriente) por porção e aquele pacote inteiro tem oito porções. Então, de fato, são oito gramas naquele pacote inteiro que a gente vai comer.

Alguns nutrientes são obrigatórios nesta tabela, como sódio, fibra e gorduras.

 

Veja que itens observar na tabela nutricional

 

Fibras

A fibra, item obrigatório na rotulagem, deve ter seu consumo estimulado por ter funções importantes para o funcionamento do intestino e para a saúde do sangue.

Para que a gente tenha um alimento considerado como fonte de fibra, é preciso que ele tenha, pelo menos, 2,5 gramas por porção. O recomendado é consumir, por dia, de 20 a 30 gramas de fibras, que são encontradas em grande quantidade em legumes frutas e verduras.

Gorduras

A tabela nutricional costuma trazem a quantidade de gorduras totais e a especificação da quantidade de gorduras saturadas e trans.

É preciso evitar a gordura trans e ficar de olho porque muitas vezes, ela consta como 0% na tabela nutricional, mas nos ingredientes há a gordura hidrogenada. Essa gordura hidrogenada nada mais é que a nossa gordura trans. Então ela deveria não estar presente na lista de ingredientes. A gordura trans é uma gordura industrializada e está relacionada com a alteração de lipídios no sangue.

Sódio

O ideal, é que a quantidade de sódio seja de 5% abaixo do valor diário de referência. Neste caso, é importante prestar atenção na porção considerada na tabela nutricional.

O sódio está relacionado com as doenças cardiovasculares.

 

Veja que itens observar na lista de ingredientes

 

Farinha de trigo

A farinha de trigo branca está muito relacionada à obesidade e o consumo do ingrediente deve ser evitado. Ela pode ser substituída pela farinha de trigo integral, que aumenta a saciedade possui fibras, contribuindo para o melhor funcionamento do organismo.

Açúcar

Assim como a farinha de trigo, o consumo excessivo de açúcar está muito relacionado à obesidade.

É importante considerar que o açúcar pode estar presente nos ingredientes com outros nomes, como xarope de milho, xarope de arroz, açúcar invertido, sacarose, dextrose, maltose, maltodextrina, amido modificado, entre outros. São todos ingredientes que vem do açúcar e que são açúcar simples.

Conservantes

Geralmente os conservantes aparecem no fim da lista de ingredientes, por estarem presentes em menor quantidade. Alguns exemplos são os sorbatos, cloretos e ciclamatos. O objetivo é aumentar o tempo de vida do produto.

Corantes

São utilizados para colorir os alimentos. Em alguns casos são usados corantes naturais e, em outros, industrializados.

 

Conclusão

 

Leia sempre o rótulo para ver se aquele alimento é saudável mesmo.

Gostaram da matéria? Compartilhem com seus familiares e amigos.

 

Quer saber mais sobre alimentação saudável?

Vem comigo, eu vou lhe ajudar!

Eu sou a Lú Sampaio Nutri e posso ajudar você a ter uma melhor qualidade de vida através da alimentação.

Atendimentos presenciais e online!

 

Lu Sampaio

 

 

 

 

Instagramhttps://web.facebook.com/nutrilucianasampaio/?__tn__=%2Cd%2CP-R&eid=ARAIJ2OhkyL6QSQuI32uYKCTmZ4uVekS6FGltXBFnYCcGjw5JVJZ07pcQlAwUBBWd2KU-qihwMW5BVi5WhatsApp

 

 

 

Outras matérias da Lu Sampaio

Receita de granola caseira

Você conhece os benefícios da cúrcuma?

Receita – Panqueca de banana com aveia

Tipos de açúcares

Lu Sampaio
Lu Sampaio
Nutricionista Esportiva. Atendo em academias, consultório e presto assessoria nutricional em equipes de corrida. Trabalho com planos alimentares individualizados, de acordo com o estilo de vida e necessidades nutricionais. Meu principal objetivo é ensinar as pessoas a terem uma alimentação saudável com comida de verdade. CRN: 12101049

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *