Silencie pensamentos negativos
Silencie pensamentos negativos e mantenha a motivação
03/02/2019
Seis bebidas funcionais para aliviar o calor e potencializar exercícios físicos
Seis bebidas funcionais para aliviar o calor e potencializar exercícios físicos
04/02/2019
Exibir tudo

17 dicas de acessórios para corrida de rua – equipamentos para corredores

Dicas de acessórios

Ao longo da corrida de rua, não basta apenas um bom tênis de corrida calçado nos pés.

Para melhorar o desempenho é necessário investir constantemente para aprimorar cada dia mais. Todo atleta, seja ele iniciante/amador ou experiente/profissional, sabe da importância de um equipamento adequado a ser portado ao longo do exercício.

A corrida de rua é um exercício democrático. Todos podem realizá-la. Entretanto, para aproveitá-la ao máximo, e assim subir degraus na prática, é preciso, acima de tudo, usufruir dos acessórios mais do que necessários para crescer e evoluir. Com o uso adequado dos equipamentos, o exercício que antes parecia apenas corrida, se transformará num estilo de vida.

Com certeza muitas pessoas ainda enxergam com certa rusticidade a prática da corrida. O clichê do calçar os tênis, uma meia soquete em cano alto, calção e camisa. Basta isso? Basta. Mas é o suficiente para enfrentar quilômetros e mais quilômetros sob um sol forte, terrenos variáveis e longos minutos (ou até horas) de passadas ininterruptas?

A verdade é que a corrida de rua é um esporte sério como qualquer outro. Apesar do preconceito inicial que há quanto a sua teórica “facilidade”, ao adentrar o esporte nota-se como a seriedade está presente em cada contato do solado do tênis com a superfície.

Dessa forma, separamos algumas indicações de equipamentos indispensáveis para um corredor ter ao longo de todo o trajeto. O importante é ressaltar que, quando se fala trajeto, não se fala apenas do caminho a ser percorrido, mas também do antes de se aprontar para o exercício e do depois de terminar a quilometragem desejada.

Equipamentos obrigatórios para a corrida de rua

Optar por um equipamento mais qualificado é imprescindível para um corredor de rua que almeja evoluir. Existem alguns acessórios que são essencialmente obrigatórios. Eles serão os responsáveis por dar o suporte necessário a todo o trajeto, tornando o exercício não só confortável como também eficiente.

1) Camisa leve

Não basta uma camisa qualquer. De preferência, uma regata ou manga curta de tecido leve, com o intuito de facilitar a evaporação do suor ao longo do trajeto. Mas ainda mais importante que isso é o corredor se sentir bem ao vestir a peça. Não bastam orientações do melhor tecido, se este incomodar durante o exercício.

Por isso a ideia generalizada é a de regatas em material de poliéster ou poliamida, possibilitando camisas ultrafinas com ventilação adequada. Apesar disso, alguns corredores optam pelo algodão, mas priorizando muito mais o conforto do que propriamente a ventilação proporcionada por uma peça em poliéster ou poliamida.

2) Boné ou uma viseira

Os bonés e viseiras possuem uma versátil versão: proteção. Proteção dos efeitos dos Raios UV provindos do sol, como também impedem que o suor escorra pela testa do corredor até chegar aos olhos. Dessa forma, há a proteção não só do sol, como também do suor que escorre a testa do corredor.

No momento da compra é importante atentar para que o mesmo tenha um bom encaixe à cabeça. Além disso, o mesmo ter uma forma confortável e ajuste adequado é imprescindível. Tanto o boné como a viseira não podem se mover ao longo da atividade física, além disso eles não substituem o uso do filtro solar.

3) Frequencímetro cardíaco

O frequencímetro é um aparelho cuja função é medir as atividades cardiorespiratórias do corredor ao longo do trajeto. Medindo e controlando os dados, a pessoa poderá, a partir do que o frequencímetro apresenta, diminuir ou aumentar a intensidade da passada, tendo tudo sob controle para um exercício seguro e eficiente.

Com este equipamento obrigatório para todo o corredor é possível saber sobre o controle de intensidade ao longo dos treinamentos. Geralmente acoplado com um relógio, o frequencímetro é um dos acessórios que todo atleta deve utilizar ao longo na corrida de rua, seja em treinamentos, seja em provas.

4) Garrafa para hidratação

Qualquer tipo de atividade física exige a hidratação correta. Ter em mente que a reposição de nutrientes é fundamental é o primeiro passo para evoluir no esporte. Seja a caminhada, a corrida de alta performance ou a maratona, hidratar-se corretamente é imprescindível para manter a saúde e o bem estar com a atividade.

Para isso, uma garrafa de hidratação se torna fundamental como acompanhante direto em treinos e provas. Nela pode estar contido tanto água, como também isotônico – variando a opção do corredor e gosto pessoal.

Contudo, uma dica que os mais experientes costumam dar é a de que água seja a preferência, pois molhar a cabeça em um dia de sol forte ajuda muito a impulsionar a passada em um momento difícil da prova.

5) Óculos de sol

Um par de óculos de sol, aliado a viseira/boné, é uma interessante opção para o corredor de rua. O problema não é o sol que vem de cima, mas o reflexo que bate na superfície e pode incomodar certamente o corredor.

Por esse motivo, a dica é sempre optar pelo uso de óculos escuros ao longo da atividade física. Tanto em treinos como em provas, o óculos é um importante alicerce para auxiliar o corredor num trajeto mais seguro, confortável e eficiente.

Acessórios necessários para todo corredor de rua

Além dos equipamentos obrigatórios, há também aqueles que podem ser adicionados para melhorar o desempenho. Algumas opções podem até parecer supérfluas, mas são constantes indicações de corredores experientes no mundo das corridas de rua. Assim, confira ótimas opções para deixar sua corrida ainda mais profissional:

6) Meias especiais para corredores

As meias podem ser um detalhe determinante na performance. Isso porque há meias especiais destinadas aos corredores que se encontram aos montes no mercado. As chamadas “Meias Running” são feitas em materiais sintéticos de alta qualidade, denominados de poliamida, elastano e o polipropileno.

Estes materiais são suportes na transpiração do corredor, na respiração do pé e no controle de temperatura no interior do calçado. Dessa forma, elas proporcionam um maior conforto ao longo da corrida, tornando o trajeto mais suave. A forma e as costuras são produzidas com o intuito de prevenir irritação no pé e aparecimento de bolhas na região.

7) Um cinto de hidratação para não ocupar os braços

O cinto de hidratação talvez seja um dos acessórios mais úteis, mas também mais subestimados por alguns corredores. Alguns atletas planejam seu trajeto e deixam garrafas pelo caminho, ou ainda passam em parques ou postos para abastecer seu estoque.

Porém, isso é apenas perder tempo. O cinto de hidratação permite que o corredor carregue uma garrafa de água consigo e até um isotônico como reserva. Apesar do peso extra, compensa o fato de ganhar minutos precisos na corrida.

8) Braçadeira para celular enquanto a música toca

Um grande alento para o corredor é a empolgação que a música pode provocar. Para não ficar com um aparelho de mp3 ou o celular pendurado pelo fone de ouvido, por que não apostar em uma braçadeira que afirma o celular e não atrapalha ao longo do trajeto? Pelo contrário, poderá ser um estímulo em momentos ofegantes.

JUSTIN SULLIVAN / GETTY IMAGES

Mas não só para música, afinal os smartphones de hoje em dia são multiuso, podendo ser um auxiliar direto para o corredor com a opção do GPS. Com isso, o atleta poderá percorrer novos caminhos no treino, desbravando novas ruas e ambientes diferentes a cada dia de treino.

9) Cinto porta número para começar a competir

Correr é a causa, competir é a consequência. Essa é a máxima da corrida de rua. Começar devagar e, quando se nota, já está querendo enfrentar uma maratona. Um esporte que realmente inspira e desafia qualquer aficionado por competir.

Por isso, para quem é competitivo, é bom já ir preparando um cinto porta número. Ele é fundamental, pois não deixa que o número do corredor caia ao longo do trajeto da prova. Afinal, perder o número durante a prova pode significar uma desqualificação. Arriscar para que, se pode ter segurança, não é mesmo?

10) Mini pochete para portar chaves ou documentos

Assim como a braçadeira de celular, a pochete permite que tudo esteja à mão. Documentos e chaves guardados devidamente e prontos para apresentar são fundamentais. Afinal, nunca se sabe quando uma emergência irá ocorrer.

Podendo carregar ainda dinheiro e saches de carboidrato, a mini pochete se torna uma companheira imprescindível para o corredor que deseja correr mais e mais longe.

11) A escolha de um bom cadarço

O cadarço que vem com o tênis de corrida pode parecer suficiente, certo? Entretanto, é bom sempre imaginar os piores cenários. O tênis desamarra, é necessário fazer uma parada forçada, perder o ritmo, só para amarrar os cadarços. Uma, duas, três, quatro posições foram perdidas. E tudo por causa de um detalhe simples, que parecia irrisório.

Os cadarços elásticos para tênis de corrida são excelentes opções no mercado para turbinar o calçado. Além de não desamarrarem, eles possuem a elasticidade necessária para que o corredor calce o tênis sem a necessidade de desamarrar o seu cadarço.

12) Braçadeira para corrida noturna

Este é destinado para os corredores noturnos. Uma braçadeira noturna ainda é um item pouco conhecido no Brasil, mas muito utilizado nos Estados Unidos. Apesar de bonés e tênis já adotarem capacidade refletiva, a braçadeira potencializa o poder de visão para motoristas descuidados.

Ela emite um piscar constante, alertando quem esteja na via rápida de que há um corredor em exercício próximo à rodovia. As braçadeiras são potencialização direta da segurança do corredor que opta por correr no período da noite.

13) Luvas de proteção solar e bermudas térmicas

Para dias extremamente quentes, onde o sol está batendo na casa dos 40ºC. Em época de São Silvestre, as luvas de proteção solar oferecem um fator de proteção 50, sendo imprescindíveis para a proteção dos braços do corredor. Em tecido leve, elas apenas tendem a somar para o corredor que optar pelo uso.

Já as bermudas térmicas são artifícios utilizados cotidianamente por corredores. Impedindo assaduras no toque das pernas ao longo do trajeto, elas tornam o exercício mais confortável para quem corre.

14) Vaselinas, pomadas e protetor solar

As pomadas e vaselinas servem para o mesmo efeito: combater a assadura no interior das pernas. Usando um pouco ao longo dos dias pós-prova, é possível cicatrizar rapidamente a enfermidade, e estar novamente pronto para mais 15 quilômetros.

Já o protetor solar dispensa qualquer apresentação ou relato sobre sua importância. Deve ser o melhor amigo de todos os corredores. Utilizando durante todo o período de treino – e renovando se preciso –, o protetor é artigo imprescindível nos acessórios do corredor de rua.

15) Porta medalhas para guardar as memórias

Você vai querer guardar as lembranças de cada prova, certo? Investir em um porta medalhas é valorizar a história. É uma forma de olhar diariamente e lembrar de cada passada concluída, de cada corte de fita e de cada arranque inicial sob o forte calor escaldante.

Ele será o livro de história do seu trajeto na corrida de rua. Uma forma não só de guardar, mas de valorizar o esforço despejado em uma atividade que apenas enriquece a saúde mental e física do praticante.

16) Smartwatch: praticidade e tecnologia para o corredor

Os Smartwatches têm virado febre entre os corredores. O famoso relógio inteligente deixa tudo mais prático e ao alcance em qualquer momento da corrida. Servindo com um assistente digital pessoal, o acessório é um rico agregado ao corredor de rua.

Contando com GPS, termômetro, barômetro, bússola, cronógrafo, altímetro, calculadora e um ecrã tátil, além de inúmeras outras funções fundamentais para compor o cotidiano do corredor.

17) Escolhendo o tênis de corrida: o equipamento principal do corredor

O tênis de corrida é indispensável. A escolha de um bom tênis passa por uma análise minuciosa do que o corredor deseja. A variável do principal equipamento para a corrida de rua é tão grande quanto as possíveis variáveis de um trajeto ao longo de um treino de ritmo.

Nesta grande variabilidade, há calçados voltados para amortecimento, outros para performance, outros optam pelo conforto e já outros pelo desempenho.

Então ele tem uma constante que não é lei. Afinal, o melhor tênis para um corredor pode não ser o melhor tênis para outro tipo de corredor. Isso porque cada um buscará, em primeiro lugar, adaptação ao próprio pé, em segundo um modelo voltado à sua prática e, em terceiro, correspondência ao tipo de prova disputada.

Assim, o corredor selecionará o melhor tênis de corrida, a partir de uma pequena análise acompanhada de seu gosto pessoal para a peça em questão.

Os equipamentos dos corredores de rua estimulam campeões

A corrida de rua é um vício – um vício do bom. Já diria o cronista Luiz Fernando Veríssimo “tudo o que começa com C vicia”. Não à toa a prática esportiva começa com a letra salientada pelo escritor gaúcho.

Correr é a liberdade proporcionada pelo corpo. Com os equipamentos corretos, a segurança é aprimorada, a perfomance otimizada e os níveis no exercício apenas crescem. Por isso, não é o bastante apenas calçar um par de tênis. É preciso, sim, deles, mas também acompanhado de uma boa orientação médica, além também de acessórios que auxiliarão o corredor de rua a ser um atleta campeão de saúde e bem-estar.

Fonte: Guia Tênis

1 Comment

  1. […] Leia também: 17 dicas de acessórios para corrida de rua – equipamentos para corredores […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *